quarta-feira, 1 de junho de 2011

BLOGCINE, INVESTNDO NA PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA DO CINEMA


Os blogs representam uma forma fácil, rápida e sem custos para todos aqueles que desejam se expressar sobre assuntos diversos ou se dedicarem a um único exclusivamente. Aos poucos, como já foi dito em outra oportunidade aqui mesmo, as pessoas com mesmos interesses acabam se aproximando, seguindo os blogs, comentando os posts e formando parcerias. No quesito cinema, apesar dos montes de páginas que surgem com links para downloads ilegais e ainda com mensagens tolas como se o blog fosse isento de possíveis penalidades caso exista condenação por violação de direitos autorais, há quem dedique seu tempo para escrever sobre o tema e invista pesado para fazer trabalhos de qualidade e que exaltem o amor ao cinema contemporâneo, do passado ou de ambas as épocas.

Desde o início de maio, o Blogcine está se adequando a esta realidade e de cara nova ganhando um perfil e layout mais próximos ao de um site ou revista. Apostando em assuntos ligados as novidades do cinema, como o que está em fase de pré-produção ou que já tenha seus cartazes definidos, o blog, porém, não perdeu sua essência: o resgate da cultura cinematográfica. Para tanto, todos os posts foram reorganizados de forma que o acesso seja facilitado. Você pode entender melhor a estrutura acessando a guia "Conteúdo do Blogcine" abaixo da imagem de abertura.


Semanalmente você poderá encontrar três sessões especiais com dia certo para publicação e com o objetivo de manter a memória do cinema viva. Toda terça-feira é dia do "Cine Foto", um espaço simples e objetivo para publicação de uma imagem representativa de algum filme e um breve texto exaltando sua importância. De quinta-feira a "Calçada da Fama" será publicada destacando um resumo da carreira de algum profissional de cinema.

A outra aposta é a publicação da sessão "Esqueceram de Mim". Todo mundo tem na memória algum filme que viu na locadora há anos atrás, assistiu há tempos na TV ou simplesmente ficou sabendo dele através de jornal, revista ou internet, mas que hoje em dia não há nem sombra dele. Da transação do VHS para o DVD muitas produções se perderam ou há mais de dez anos sumiram do mercado. Contratos não renovados e até mesmo o fechamento de diversas distribuidoras colaboraram para tanto e na televisão esses filmes acabam não sendo exibidos também justamente por não haver uma empresa para negociar a veiculação ou conforme o tempo passa eles são jogados para a madrugada como tapa buraco da programação. Até mesmo os canais fechados não segmentados preferem investir nos sucessos mais recentes. Tirando os casos das TVs, nem é preciso pensar muito para saber quais os motivos que estão destruindo essa indústria.


Pegando o gancho do famoso título da comédia que marcou os anos 90, esse espaço será reservado para relembrarmos títulos que simplesmente sumiram do mercado ou que apesar de estarem disponíveis para a venda e locação são muito difíceis de serem encontrados ou praticamente desconhecidos do grande público. A proposta não é incentivar a pirataria de rua ou de internet, mas sim fazer um alerta para as distribuidoras e profissionais da área dedicarem atenção especial ao acervo de obras e incentivar a recuperação daquelas consideradas extintas. É surpreendente o volume de filmes lançados no formato VHS, inclusive premiados com o Oscar, que não ganharam o brilho de uma restauração para o DVD ainda.  

Em breve novas sessões serão lançadas com o objetivo de manter viva a memória cinematográfica e ainda podendo contar com a colaboração mais efetiva dos leitores. Aguardem.

Nenhum comentário:

Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...