segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - NOITE DE ANO NOVO

Hoje nos despedimos do ano de 2012 e damos boas-vindas à 2013. Quantas histórias curiosas devem ocorrer nesse mesmo dia com diferentes pessoas? Enquanto alguns estão eufóricos com os festejos, outros preferem passar a virada sozinhos. Tem gente no hospital doente e outros ansiosos com a chegada de novas vidas. Tem casais apaixonados trocando juras de amor e pessoas torcendo para encontrar o amor no novo ano. Algumas pessoas trabalham nesta noite justamente para levar diversão para outras. Estas e outras histórias são contadas na comédia romântica Noite de Ano Novo (2011) que está sendo indicada aqui aproveitando a data comemorativa de hoje. Apesar de bem intencionado, o longa está longe de ser maravilhoso, mas também não é o lixo que muitos dizem. O problema é que quase duas horas não é o suficiente para desenvolver de forma adequada as histórias que envolvem quase vinte personagens, isso se levarmos em consideração apenas os protagonistas destas subtramas, fora os coadjuvantes.

domingo, 30 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - VALENTE

O mundo dá voltas. Se um dia o império Disney foi estremecido e virou “refém” dos moderninhos desenhos da Pixar agora chegou a vez dos papéis se inverterem. O antigo e longo acordo das duas empresas previa que a casa do Mickey Mouse seria apenas responsável pela divulgação e distribuição dos longas animados através de computação gráfica, mas desde 2008 elas se uniram em um mesmo conglomerado, assim o reino das princesas e animais fofinhos foi invadido por brinquedos e carros animados, monstros bonzinhos, super-heróis entre outros tantos personagens criados através de tecnologia de ponta. Mas como diz o ditado, tudo que é bom dura pouco. No caso da Pixar não. Foram quase duas décadas praticamente dominando o mercado de animações, mas Carros 2 balançou os alicerces da produtora. Após o baque das críticas negativas, surpreendeu o fato de que para tentar dar a volta por cima os executivos do estúdio escolheram aliar modernidade e antiguidade. Valente (2012) definitivamente é um produto diferenciado no catálogo da empresa que fez história com Toy Story, Monstros S.A., Procurando Nemo, entre tantos outros sucessos, mas deixa a desejar no quesito criatividade. 

sábado, 29 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - MOULIN ROUGE, AMOR EM VERMELHO

Durante muitos anos os musicais eram sinônimos de cinema de primeira e marcaram uma fase de ouro de Hollywood. Em meados dos anos 60 o gênero começou a sua decadência sendo sucumbido por produções mais ousadas e realistas. Em tempos de guerras, ganância e luta pela liberdade e direitos, já não havia mais espaço para a magia do casamento da sétima arte com o mundo da música. Um ou outro musical como Cabaret ou Grease – Nos Tempos da Brilhantina conseguiu fazer sucesso e atravessar décadas sendo lembrado, mas definitivamente as produções do tipo pareciam fadadas ao ostracismo. Eis que em pleno início do novo século o mundo foi surpreendido com o lançamento de Moulin Rouge – Amor em Vermelho (2001), um ousado e criativo projeto do diretor e roteirista Baz Luhrmann, antes responsável por uma versão mais moderninha de um conto clássico, Romeu + Julieta. Sua especialidade parece ser oferecer verdadeiros espetáculos visuais, cinema de verdade e sem medo de reinventar fórmulas. No caso ele reinventou os musicais e entregou ao público uma obra ímpar utilizando ao máximo os recursos sonoros e visuais a favor de sua narrativa, optando por toques sutis de computação gráfica e exaltando o lado artesanal de se fazer cinema. Tudo isso sem abrir mão de imprimir sua marca: o exagero, no bom sentido. 

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - LETRA E MÚSICA

Última sexta-feira do ano. Muita gente se despedindo dos colegas de trabalho e curtindo um happy-hour ou uma baladinha. A dica de hoje é para aqueles que vão ficar em casa, mas adoram música e cinema.  Letra e Música (2007) é uma deliciosa comédia romântica que apesar de ser contemporânea resgata muito da ingenuidade e da badalação dos anos 80, época em que os bailinhos dos jovens bombavam com canções agitadas ou românticas nas vozes de garotos de vinte e poucos anos que vendiam milhões de discos e suas fotos eram acessórios obrigatórios no quarto de qualquer garota descolada. Quem tem ao menos uma pequena noção de como foi aquela época certamente se sentirá fisgado a acompanhar este filme só de ver os primeiros minutos. A introdução não poderia ser mais criativa. Uma melodia pegajosa embala o videoclipe de uma “boy band” chamada Pop. Pode soar como um nome nada original, mas é usado em tom de ironia. Esses rapazes fizeram sucesso no passado fazendo caras e bocas para conquistar as menininhas e seus passinhos de dança, figurinos e cortes de cabelo marcaram época. O clipe reúne todos os elementos característicos do período no que diz respeito ao mundo da música e da TV ou, em outras palavras, como a MTV ditava a moda aos adolescentes.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - SETE DIAS COM MARILYN

Quem espera assistir Sete Dias com Marilyn (2011) e se deparar com uma bela e merecida homenagem ao mito Miss Monroe pode se decepcionar com o resultado, a começar pelo fato da fita não se limitar a apenas endeusá-la, mas ceder espaço para desconstruir sua imagem de mulher perfeita. Apesar de intitular a produção, a diva não é a protagonista da trama na realidade. A vaga de personagem principal é ocupada por um homem, um apaixonado pela estrela que sonhou em trabalhar ao seu lado, mas conseguiu mais que isso e participou da vida íntima de sua musa e registrou as memórias desses momentos no livro “Minha Semana com Marilyn”, na tradução literal. O autor, o jovem Colin Clark (Eddie Redmayne), narra sua visão da mulher que existiu atrás do mito, longe dos holofotes e da imprensa. Através de seus escritos, adaptados pelo roteirista Adrian Hodges, além de relembrarmos o furacão que ela era em sua vida pública, temos a possibilidade de conhecer a fragilidade e insegurança desta atriz que ao mesmo tempo era temperamental e intensa em altíssimos graus. Coube à requisitada Michelle Williams o dever de interpretar esse ícone de Hollywood e ela não decepcionou, sendo indicada ao Oscar e vencendo o Globo de Ouro de atriz em comédia, mas não se engane os risos são poucos. A veia dramática é que rege a narrativa.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - A PROPOSTA

Após muitos anos protagonizando comédias fraquinhas, Sandra Bullock voltou a ganhar os holofotes há alguns anos estampando a publicidade de três longas que estrearam em datas muito próximas. Ganhou o Oscar de Melhor Atriz por Um Sonho Possível, um dia antes foi eleita no Framboesa de Ouro a pior intérprete por Maluca Paixão e, por fim, fez as pazes com as bilheterias com A Proposta (2009), comédia romântica que não traz inovação alguma e talvez por isso mesmo seja perfeita. Quando a receita é boa, não importa quantas vezes ela seja repetida, mas é preciso tomar cuidado para não errar na seleção dos ingredientes. A diretora Anne Fletcher, de Vestida Para Casar, não nega a previsibilidade da premissa do longa, mas consegue suavizar isso com um roteiro bem trabalhado, uma edição caprichada, um elenco de coadjuvantes excepcionais e, principalmente, um casal de protagonistas em perfeita sintonia, embora inicialmente possa causar certa estranheza pelo fato do mocinho da fita, Ryan Reynolds, parecer muito mais jovem que sua companheira, uma impressão que temos provavelmente por causa do tempo de carreira de cada um.
 

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - OPERAÇÃO PRESENTE

Dia 25 de dezembro, é Natal, e os chatos de plantão podem reclamar a vontade, mas não dá para comemorar a data sem curtir um filminho natalino. Todos sabem o que vamos encontrar neles e talvez seja justamente a valorização do espírito de união, amor e solidariedade que todos buscam nesse tipo de produção. Geralmente com roteiros que flertam com o drama e a comédia, basicamente tais obras lidam com o tema da recuperação do conceito original desta data festiva e a animação Operação Presente (2011) não foge à regra, mas basta um pouco de criatividade para dar certo ar de novidade à produção. Como o Papai Noel entrega tantos presentes em todo o mundo em uma única noite? Basicamente tentando responder a essa pergunta que milhares de crianças certamente fazem todos os anos, este desenho traz toques de modernidade em sua narrativa como uma mega operação de confecção e distribuição de presentes com o que há de mais moderno e o sempre necessário núcleo familiar disfuncional desta vez é representado pelos próprios parentes do bom velhinho.
 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - UM NATAL MUITO, MUITO LOUCO

Hoje é véspera de Natal, dia de muita correria e compras de última hora, em outras palavras, dia de muito estresse, mas a noite vem a calmaria e as alegrias e emoções devem predominar. No Brasil não temos o mesmo fanatismo que os americanos têm com esta festa cristã, mas ainda assim muitas pessoas vivem o clima natalino intensamente meses antes. Para elas todas aquelas enxurradas de reprises de comédias e dramas típicos de fim de ano na televisão são uma dádiva. Para quem ainda sente apreço pela comemoração, mas todo o ano promete que da próxima vez vai fazer algo diferente entre os dias 24 e 25 de dezembro, certamente se identificará com o casal protagonista de Um Natal Muito, Muito Louco (2003), longa que já pode ser considerado um clássico natalino tal qual Férias Frustradas de Natal, figurinha carimbada na TV praticamente todos os anos ao longo de quase três décadas. Ambos tratam do respeito e cultivo das tradições e do espírito de solidariedade e de família unida, mas claro que tudo temperado com muito humor.
 

domingo, 23 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - UM FAZ DE CONTA QUE ACONTECE

Adam Sandler é um ator que fincou raízes no gênero comédia e coleciona milhares de fãs por todo o mundo, principalmente por seus personagens conseguirem a simpatia imediata com as platéias. Ele está acostumado a viver trintões que se esqueceram de crescer e que só pensam em diversão e mulheres, assim palavrões e piadas de duplo sentido estão sempre na ponta de sua língua, ainda que ele não seja o ator mais desbocado de sua geração. Porém, muitas crianças também são fãs do comediante e talvez por isso ele seja o protagonista de Um Faz de Conta que Acontece (2008), comédia familiar dos estúdios Disney que nos últimos anos tem repensado seu manual de trabalho. Antes seria difícil acreditar que um longa protagonizado pelo astro de Click ou Gente Grande saísse da casa do Mickey Mouse. A escolha foi acertada. Sandler está totalmente a vontade interpretando, para variar, um cara que já não é mais nenhum adolescente, mas ainda não sabe bem o que quer da vida e vive de sonhos.
 

sábado, 22 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - TÃO FORTE E TÃO PERTO

As tristes e chocantes lembranças do fatídico dia 11 de setembro de 2001 e seu ataque às Torres Gêmeas nos EUA ainda estão presentes na memória de todos aqueles que acompanharam as notícias inacreditáveis que iam sendo informadas minuto a minuto pela imprensa mundial naquela época e ainda servem como fonte de inspiração para os diretores de cinema. Entre documentários, grandes produções e outras de proporções modestas, são muitos os filmes que retrataram de forma realista, amena ou com forte apelo dramático este episódio marcante da História moderna. Dez anos após a tragédia, foi a vez do cineasta Stephen Daldry, especialista em dramas e três vezes indicado ao Oscar, abordar o tema em Tão Forte e Tão Perto (2011). Não é um dos seus melhores trabalhos, mas está acima da média de outros produtos que trataram do tema e surpreendentemente foi indicado pela Academia de Cinema ao prêmio de Melhor Filme, mas isso em nada ajudou em sua repercussão e bilheteria. Todavia, uma obra a ser descoberta pelo grande público.
 

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - 2012

21 de dezembro de 2012. Esta é uma data que nos últimos tempos assombrou muita gente. Bem, se você estiver lendo esta crítica no dia 22, pode estourar o champanhe e comemorar: você sobreviveu à profecia apocalíptica maia. Séculos atrás este lendário povo deixou escrito o calendário de milhares de anos à frente, mas os escritos acabam justamente na data mencionada. Desde então astrólogos, religiosos, sensitivos, cientistas, geólogos, autoridades e pessoas de muitas outras áreas passaram a estudar o que isso poderia significar e muitos concluíram que esse seria o dia da extinção da humanidade através de eventos que alterariam drasticamente clima, relevo, direção dos ventos, força das águas entre outras coisas relacionadas à fúria da natureza. Baseando-se nesta impactante crença, muitos produtores trataram de explorar o tema, mas a grande produção batizada óbvia e simplesmente de 2012 (2009) foi criada pelo diretor Roland Emmerich. Ninguém melhor que ele que já convocou extraterrestres para acabar com os EUA (Independence Day), trouxe um mega lagarto de terras orientais para arrasar territórios ocidentais (Godzilla) e que mostrou a revolta da natureza contra os maus-tratos que recebe dos humanos (O Dia Depois de Amanhã) para se encarregar de dar o ultimato à população da terra.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - REENCONTRANDO A FELICIDADE

A morte é um episódio doloroso com o qual todos precisam aprender a lidar, mas isso não é nada fácil, principalmente quando se perde um ente querido. Pela ordem natural das coisas, as pessoas mais velhas partem antes das mais novas, mas como lidar com a situação de perda quando há uma inversão como, por exemplo, o filho falecer antes dos pais? É justamente a respeito desta dor que gira o enredo de Reencontrando a Felicidade (2010), um eficiente drama dirigido por John Cameron Mitchell, responsável pelos polêmicos Hedwig – Rock, Amor e Traição e Shortbus. Em seu terceiro trabalho atrás das câmeras, o cineasta deixou que o seu momento de vida o inspirasse. Após perder um irmão de apenas dez anos de idade, Mitchell adquiriu toda a carga dramática necessária para expor a dor da perda em um longa-metragem e provar que como diz o ditado o tempo é o melhor remédio para esse tipo de caso.
 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - DRIVE

Infelizmente hoje em dia muita gente leva em consideração os efeitos especiais e sonoros na hora de escolher um filme, o que dá certa vantagem para as produções de ação e não é mais nem preciso ir ao cinema para curtir imagens e sons inacreditáveis. Para os amantes destes produtos, certamente um enredo que fala sobre um sujeito esquisitão que leva uma vida dupla se dividindo entre o trabalho como dublê de filmes e uns bicos para o mundo da máfia deve soar como adrenalina pura ainda mais quando nos deparamos com o titulo, Drive (2011), assim mesmo sem traduções literais ou estapafúrdias para o português. Porém, basta acompanhar a introdução para que muitos comecem a chiar. Ryan Gosling vive o protagonista cujo nome nunca é revelado. Logo no início ele está prestando serviços para uma dupla de ladrões que está em fuga após um assalto. A perseguição clássica de mocinhos aos bandidos está em cena, mas esqueça de qualquer barulho ensurdecedor, capotagens e frases idiotas ou manjadas trocadas entre as partes envolvidas. O recado está dado. Apesar do estilo ação hollywoodiana se fazer presente, aqui o conteúdo prevalece sobre o tiroteio e o corre-corre.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - PEIXE GRANDE E SUAS HISTÓRIAS MARAVILHOSAS

Qualquer pessoa que é realmente apaixonada por cinema sabe que o estilo do diretor Tim Burton é inconfundível. Adepto do estilo gótico, das fábulas e fantasias, cada novo trabalho seu se transforma em um aguardado evento antes mesmo da estréia. Porém, ele está longe de ser um Midas do cinema, nem tudo que faz se transforma em ouro como é o caso de Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (2003), um belíssimo filme que mescla com perfeição realidade e fantasia em uma narrativa agradável e tocante. Lançado em meio aos títulos concorrentes ao Oscar da temporada de 2004, premiação na qual apenas concorreu como Melhor Trilha Sonora, o longa passou despercebido, ainda que as críticas da imprensa em sua maioria deram parecer positivo à produção. Assistir hoje em dia esta obra, além de ser imensamente recompensador, nos mostra mais uma vez o quanto as premiações estão voltadas ao comercial e cada vez menos para o lado artístico. Só assim para explicar a rejeição da produção nos prêmios e consequentemente sua exposição prejudicada.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - LADO A LADO

Estamos chegando perto do Natal e certamente muitas pessoas estão com uma sensação de tristeza em meio a euforia de compras para ceia e presentes. É hora de lembrar dos bons e maus momentos, dos familiares e amigos que estão longe ou que já são falecidos e muitas dessas recordações podem ser proporcionadas revendo um simples filme. Passados quase quinze anos desde seu lançamento, Lado a Lado (1998) é um título que ainda cai muito bem para esta época do ano. Além de uma bela história sobre família e solidariedade, o longa tem certa melancolia que combina com o espírito das comemorações de fim de ano. Perdoar é uma das mais importantes e difíceis tarefas que o ser humano tem e um dos temas mais comentados do período ao lado do aprendizado de viver com seus semelhantes em harmonia. É justamente esses dois itens que conduzem o drama recomendado para o dia de hoje.
 

domingo, 16 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - CAVALO DE GUERRA

É curioso que em meio ao deslumbramento que o 3D e demais tecnologias de ponta despertam no público e em quem faz cinema, o Oscar 2012 teve como destaques obras que claramente homenageiam o passado da sétima arte. Um deles foi Cavalo de Guerra (2011), uma produção que reúne diversas características de obras épicas clássicas e westerns, além de elementos inconfundíveis do diretor Steven Spielberg, mas que acabou dividindo opiniões. O filme realmente é excelente, porém, perde pontos na hora das comparações pelo fato de não trazer inovações e praticamente ser a súmula da filmografia do cineasta que tem como tema recorrente em sua obra o duelo entre a imaginação e a realidade, a inocência infantil e a seriedade exacerbada dos adultos. Entre filmes de aventura, outros para emocionar de crianças à adultos e alguns produtos mais pesados como os que enfocam guerras, Spielberg encontrou no livro homônimo de Michael Mopurgo a maneira perfeita de reunir todas as referências que pontuaram sua carreira, além de prestar uma bela homenagem ao cinema resgatando a grandiosidade e a emoção de clássicos antigos.

sábado, 15 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - 1408

Quem se entusiasma a assistir a um filme no qual praticamente temos apenas um ator em cena? Bem, Tom Hanks teve êxito em Náufrago alternando momentos cômicos e dramáticos em uma ensolarada ilha deserta, mas será possível acompanhar uma trama na qual um homem tem como companhia apenas a sua própria loucura ou o medo em um ambiente claustrofóbico? A resposta é sim, desde que o enredo seja de qualidade e provoque sustos de verdade, não risos como muitos filmes de suspense de hoje em dia. O ator John Cusack assumiu a difícil tarefa de envolver o público em um clima de tensão constante tornando-se o protagonista de 1408 (2007), suspense baseado em um conto homônimo do livro “Tudo é Eventual” de autoria de Stephen King. Considerado um dos maiores escritores de livros de terror e de temática sobrenaturais, é certo que muitas de suas obras não foram sucesso em suas versões cinematográficas, mas felizmente a produção aqui em questão faz parte do time das boas adaptações. Não é excepcional, porém, cumpre seus objetivos e nos poupa da sanguinolência e carnificina gratuita apostando mais em uma temática de terror psicológico. 
 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - CINDERELA

Não tem mais jeito. A cada ano que passa menos espaço as animações tradicionais encontram no mercado de exibição, sendo assim tais produções sobrevivem através dos lucros com locadoras e varejos, mas acabaram se tornando obras restritas a plateias de crianças bem pequenas ou de adultos nostálgicos. Os desenhos mais moderninhos são bacanas, divertem a todas as idades e a maioria está repleta de críticas ou sarcasmos implícitos, mas já faz algum tempo que esses filmes estão se tornando repetitivos ou até mesmo com histórias fracas. O relançamento este ano do clássico Disney Cinderela (1950) é muito bem-vindo para sair da rotina. Embora o conto da gata borralheira seja super conhecido e demasiadamente açucarado, o estilo antigo de fazer animação é o grande chamariz no caso. Os traços suaves, os tons aquarelados, a história simplória e a convidativa trilha sonora. Tudo aqui vale a pena.
 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

ESTÃO ABERTAS AS APOSTAS PARA O GLOBO DE OURO 2013

Lincoln, foto acima, lidera o ranking de indicações ao Globo de Ouro 2013.
Abaixo cena de Os Miseráveis que pode ser beneficiado pela separação
das categorias por gênero e ser o único musical da disputa. Todavia, ainda
não há favoritos, nem mesmo entre os atores
 
Na manhã desta quinta-feira, dia 13/12, ficamos conhecendo os indicados ao Globo de Ouro 2013, premiação concedida pela Associação de Imprensa de Hollywood. O drama Lincoln de Steven Spielberg despontou com o maior número indicações concorrendo em sete categorias. Argo, A Hora Mais Escura e Django Livre também parecem bem cotados e devem ser figurinhas carimbadas nas futuras premiações que culminam com a festa do Oscar. 

FESTIVAL DE FÉRIAS - ALBERT NOBBS

Glenn Close nos anos 80 era uma figurinha tão onipresente nas premiações de cinema quanto Meryl Streep. A diferença para sua contemporânea é que a atriz que estrelou Ligações Perigosas, Atração Fatal entre tantos outros marcos do passado recebeu bem menos prêmios, inclusive nenhuma das suas cinco indicações ao Oscar lhe renderam a tão cobiçada estatueta. Sua chance de finalmente ganhar o prêmio máximo do cinema era com Albert Nobbs (2011), mas quis o destino que Meryl mais uma vez estivesse no páreo defendendo uma personagem irretocável em A Dama de Ferro. De qualquer forma, é um grande prazer ver Glenn em cena após anos de hiato na carreira cinematográfica, período em que se dedicou ao teatro, a produções de TV e a filmes de pequeno porte que mal chegavam ao conhecimento do público. Seu retorno de verdade às telas grandes não poderia ser mais marcante. Seu personagem é um homem.
 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - O GRANDE TRUQUE

O nome do diretor Christopher Nolan ficou conhecido quando o thriller Amnésia começou a colecionar indicações a prêmios e críticas positivas. Logo ele estava saltando do cinema independente para o comercial com a difícil tarefa de ressuscitar a franquia de um super-herói. Batman Begins foi um estrondoso sucesso e abriu caminho para um novo filme do Homem-Morcego, mas antes disso ainda deu tempo do cineasta realizar outro trabalho. O Grande Truque (2006) parecia ser apenas mais uma produção qualquer ostentando um elenco de peso, porém, para a surpresa de muitos, ela conseguiu aliar diversão e qualidade de uma forma que poucos filmes conseguem, principalmente considerando que seu lançamento foi feito fora do período das premiações ou férias, em uma época em que boa parte dos lançamentos são bobagens para ocupar os cinemas. Será que é por isso que o longa foi esquecido pelo Oscar e outros prêmios?
 

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - HISTÓRIAS CRUZADAS

Nos EUA é muito comum o termo “feel good movie”, algo como filmes que trazem mensagens positivas, aqueles que deixam o espectador com uma boa sensação ao subirem os créditos finais. Para os críticos de cinema essas produções são dotadas de artifícios que manipulam as emoções para fazer as pessoas se envolverem e até mesmo chorarem facilmente, ou seja, trocando em miúdos, consideram trabalhos que não acrescentam absolutamente nada na história do cinema ou para aumentar o intelecto do público tornando-se assim obras desnecessárias. Por outro lado, tais filmes estão cada vez mais ganhando as atenções das premiações. Os organizadores de festivais e festas dos melhores do ano estão visando chamar a atenção de plateias mais jovens dando visibilidade a produções que caíram no gosto popular, como foi o caso de Histórias Cruzadas (2011), uma das maiores surpresas nas bilheterias americanas daquele ano. O enredo eficiente e de fácil assimilação aliado a um competente elenco feminino trataram de fisgar as atenções.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - UM CONTO CHINÊS

Um casal de namorados está conversando tranquilamente sentamos numa canoa passando uma tarde calma e agradável em uma lagoa. Não entendemos o diálogo, pois ele é totalmente em chinês e não há legendas, mas ainda assim é possível compreender o clima romântico e que o rapaz está prestes a dizer algo muito importante para sua amada. Seria um pedido de noivado ou casamento? Não é possível saber. Inesperadamente uma vaca caiu do céu e afunda o barquinho. Você se animaria a assistir a um filme por esta introdução? Provavelmente não, salvo se fosse adepto de cinema bizarro, sem sentido. Porém, por mais estranho que pareça este é o início de Um Conto Chinês (2011), produção que não é da China, mas sim da Argentina e que traz como protagonista o ator Ricardo Darín, o protagonista de sucessos como O Filho da Noiva e O Segredo dos Seus Olhos. Cinema argentino, um bom ator... Animou um pouco a ideia de embarcar nesta história que por mais louca que soe é baseada em fatos reais?

domingo, 9 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - ESPELHO, ESPELHO MEU

A maioria dos contos de fadas são histórias criadas há séculos atrás que sofreram diversas modificações com o passar dos anos e através de suas inúmeras versões literárias, teatrais, televisivas e cinematográficas. Comumente, mas erroneamente, consideramos as tramas originais aquelas adaptadas pelos estúdios Disney e como lendas europeias, mas na verdade atualmente pouco sabemos sobre as origens desses textos clássicos e encantadores. Muitos dizem até que tais contos podiam ter desfechos de arrepiar e macabros. Assim, reinventar estas histórias ou tentar apresentá-las o mais próximo possível da maneira como foram concebidas se tornaram um campo fértil para o cinema. Depois de Alice no País das Maravilhas e A Garota da Capa Vermelha, projetos que foram duramente criticados, praticamente na mesma época duas produtoras resolveram resgatar o conto “Branca de Neve e os Sete Anões”, cada uma com uma abordagem diferente. Um destes trabalhos é Espelho, Espelho Meu (2012).

sábado, 8 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - PLANETA DOS MACACOS - A ORIGEM

Ter a ideia de refilmar ou até mesmo reimaginar um filme clássico é uma tarefa um tanto audaciosa, pois são muitos os riscos da obra sofrer rejeição do público e crítica ou até mesmo arruinar a imagem de um produto idolatrado. Tim Burton há alguns anos arriscou-se a dar a sua visão de Planeta dos Macacos, misto de aventura e ficção lançado na década de 1960 que ultrapassou as barreiras do cinema escapista e levantou discussões pertinentes a respeito do ser humano versus civilidade através da inversão de papéis. Se o homem realmente representa a evolução dos símios, nada mais original naquela época em que tal teoria ainda era intensamente pesquisada do que colocar os macacos em um patamar de inteligência acima dos humanos e estes ocupando as vagas de animais adestrados na sociedade. O remake de 2001 fez sucesso, é bem feitinho, mas nem a legião de fãs de Burton conseguiu salvá-lo de sair chamuscado pelas críticas negativas. Muitas discussões surgiram nos anos seguintes e chegou-se a seguinte conclusão: a obra original de Franklin J. Schaffner é intocável. O que esperar então de uma produção intitulada Planeta dos Macacos – A Origem (2011)? O título pode soar como tremendo caça-níquel de quinta categoria, mas você certamente deve se surpreender com o que vai assistir.
 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - O LORAX, EM BUSCA DA TRÚFULA PERDIDA

Theodor Seuss Geisel, ou simplesmente Dr. Seuss, era um autor de livros infantis cujas obras até hoje fazem muito sucesso em países de língua inglesa, mas no Brasil o conhecimento sobre seus trabalhos é muito limitado. Infelizmente, sua literatura por aqui depende e muito do cinema para chegar ao grande público, mas ainda assim os resultados deixam a desejar. O Grinch, O Gato, Horton e o Mundo dos Quem e agora O Lorax – Em Busca da Trúfula Perdida (2012). Essa quadrilogia guarda algumas semelhanças como o visual colorido e personagens com características físicas semelhantes, além é claro de lições de moral para os pequenos. A dica de hoje na realidade não traz apenas uma mensagem para crianças, mas também para adultos, afinal é a preservação da natureza que está em pauta, assim como os perigos da ambição sem limites.
 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - MATCH POINT - PONTO FINAL

O cineasta Woody Allen, também ator, escritor, produtor e até músico, há várias décadas está na estrada colecionando fãs, desafetos, sucessos e fracassos. Com uma carreira marcada por obras premiadas e elogiadas datadas dos anos 70 e 80, nos últimos anos as sombras dos equívocos parecem persegui-lo. Lançando praticamente um filme por ano, passaram a serem raros os momentos de brilhantismo de Allen que só viu sua fama extrapolar limites com Ponto Final – Match Point (2005), após anos de certo ostracismo. Seu nome sempre estampava algum cartaz ou capa de DVD, mas foi uma única indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Original, além de menções em outras premiações, que fizeram este entusiasta das paisagens urbanas americanas ressurgir na mídia. Um público novo e de idade jovem foi instigado a conhecer mais sobre este profissional e se juntou aos antigos apreciadores dos trabalhos do cineasta para aplaudir e elogiar uma obra que definitivamente não parece ter sido feita por ele, destoando em muitos aspectos de sua filmografia.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - OS OLHOS DE JULIA

Enquanto em Hollywood o gênero de terror sobrevive aos trancos e barrancos graças aos filmes sobre seriais killers e refilmagens de sucesso do passado ou de outros países, é através do sotaque espanhol que nos últimos tempos temos tido a oportunidade de sentir calafrios de verdade. Rec, por exemplo, agradou a crítica, gerou duas sequências, ganhou versão americana e cativou um expressivo grupo de fãs, porém, o criador dessa revolução no cinema não ganhou o mesmo destaque que o nome Guillermo Del Toro. O cineasta mexicano tornou-se famoso no mundo todo após o estrondoso sucesso do inovador O Labirinto do Fauno e bastou seu nome envolvido na produção de O Orfanato para que certo burburinho fosse gerado e um novo “pequeno grande” filme surgisse. É uma pena que o mesmo não aconteceu com Os Olhos de Julia (2010), até porque a distribuidora praticamente ignorou o longa e o lançou em DVD praticamente em brancas nuvens.
 

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - O QUARTO PODER

Sônia Abrão, José Luis Datena, Marcelo Rezende e tantos outros nomes da TV que dizem trabalhar seriamente com as notícias já viraram sinônimo de piada. Todo mundo sabe que para eles a audiência vem em primeiro lugar e para tanto eles usam e abusam do sensacionalismo para segurar o espectador na frente da televisão, tanto que em 2012 surgiram boatos de que leis seriam criadas para limitar o trabalho da imprensa, já que por várias vezes tal interferência em casos policiais acabou por levar alguns episódios a finais trágicos e a manipulação da opinião pública. Claro que o sensacionalismo também está presente em outros meios de comunicação, mas ele se mostra muito mais agressivo na TV. Apesar de hoje em dia esse tipo de jornalismo estar em franca decadência, levando apresentadores a reclamarem ao vivo que não se conformam que as pessoas preferem fugir da realidade a acompanhar seus espalhafatosos relatos acerca da violência do cotidiano, esse modelo já teve seu auge, mas muito tempo antes Hollywood já previa isso, como prova O Quarto Poder (1997).
 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - EU OS DECLARO MARIDO E... LARRY

Para começar a semana nada melhor que uma boa comédia. Adam Sandler não é um excepcional sinônimo de humor, mas geralmente funciona bem quando divide o peso das atenções. Deixando o humor físico e as caras e bocas de lado (bem, nem tão de lado assim), o ator divide com Kevin James as piadas de Eu os Declaro Marido e... Larry (2007), uma eficiente comédia no qual eles vivem dois héteros tentando se passar por homossexuais para ganharem benefícios. Embora possa parecer mais uma produção para achincalhar a imagem dos gays, na realidade o humor aqui é usado de forma agradável e consciente e acaba por levar uma mensagem positiva ao público: todos têm direito a serem felizes, mas o caminho para alcançar tal felicidade cabe a cada um escolher e os outros respeitarem. Ok, não é com essas palavras literalmente que tiramos uma boa lição do filme, só os mais bondosos podem ver tal idéia. O recado mais forte é sobre a valorização da amizade, principalmente nos momentos difíceis.
 

domingo, 2 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - MISSÃO MADRINHA DE CASAMENTO

Com o dinheirinho extra e as gratificações que as pessoas recebem no final do ano, dezembro cada vez mais fica conhecido como o mês das noivas. Embora muitos casais apenas se casem no civil ou simplesmente juntam os trapinhos sem festejos, ainda há muitas pessoas que sonham com uma festa deslumbrante, principalmente as mulheres. A obsessão pelo casamento perfeito é um tema constante para as comédias românticas americanas, assim muitas delas não passam de um filminho bacana para matar uma tarde livre, porém, Missão Madrinha de Casamento (2011) surgiu como uma exceção. Sucesso indiscutível em terras ianques, conquistando inclusive duas indicações ao Oscar, o longa na realidade é mais uma comédia eficiente como passatempo e só. Talvez o burburinho que gerou seja pelo fato das mulheres balzaquianas serem as estrelas desta fita cuja produção ficou a cargo de Judd Apatow, responsável pela direção e enredo de O Virgem de 40 Anos e Ligeiramente Grávidos. Desta vez ele apostou nos dilemas femininos em torno das perspectivas para o futuro ao invés dos dramas cômicos vividos por homens que se esqueceram de crescer e passam o tempo todo pensando em sexo, bebidas e drogas. Mudança de ares bem-vinda para o currículo de Apatow.
 

sábado, 1 de dezembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - SOMBRAS DA NOITE

Qualquer filme que reúna em seus créditos o ator Johnny Depp e o diretor Tim Burton automaticamente se torna um evento que coloca os fãs da dupla em êxtase, mas a indicação de Sombras da Noite (2012) para curtir neste sabadão só se justifica pelo fato de ser uma obra de puro escapismo. Assistiu, esqueceu em seguida. Todo bom profissional falha e chegou a vez da dupla bizarra do cinema dar sua escorregadela. O cineasta sempre surpreendeu pela maneira como construiu fascinantes histórias colocando no centro das atenções personagens esquisitos ou marginalizados. Também sempre acertou a mão ao misturar seu estilo gótico ao lúdico e encontrou o parceiro perfeito para encarnar seus devaneios na figura de Depp. Neste oitavo projeto em que trabalham juntos, todos os ingredientes que deram certo em outras produções da grife foram reaproveitados, porém, parece que o diretor se deixou levar pelo fascínio que o material que tinha em mãos lhe exercia e perdeu o foco, criando um filme que se vale muito mais pelo seu visual que sua narrativa por vezes enfadonha, ora esquisita, ora empolgante, mas no fundo algo tipicamente saído da mente insana e criativa de Burton.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

FESTIVAL DE FÉRIAS - OS VINGADORES

Hoje muitas pessoas estão entrando de férias, pelo menos boa parte dos estudantes, mas de qualquer forma o clima de descontração já está no ar para todos curtirem. Para começar bem esse período de festas e descanso a dica é o grande blockbuster do ano, o aguardado Os Vingadores (2012), que marca o encontro de famosos e poderosos heróis dos quadrinhos, mas todos já conhecidos do grande público, afinal cada um já teve a oportunidade de protagonizar seu próprio filme-solo ou apareceram em participações em outras aventuras. É certo que os heróis são diferentes uns dos outros e têm seus universos particulares, mas quando uma mente criativa e obstinada está por trás de um projeto tudo é possível. O responsável por esta divertida aventura é o diretor Joss Whedon em seu segundo trabalho atrás das câmeras e que também roteirizou o memorável encontro. Não é a toa que a cada nova cena fica clara a paixão do cineasta pelo universo dos quadrinhos Marvel, certamente um sentimento nutrido desde a infância.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

ESQUECERAM DE... BALZAC E A COSTUREIRINHA CHINESA

Quem nunca ouviu falar que a cultura pode mudar um ser humano e a longo prazo quiçá o mundo? O cinema e a literatura obviamente são dois caminhos prazerosos para isso, mas o efeito positivo da junção dessas duas manifestações artísticas pode ser ainda mais avassalador como nos prova Balzac e a Costureirinha Chinesa (2001), um belo drama com pano de fundo histórico dirigido por Sijie Dai, um chinês radicado na França. O longa é baseado no livro homônimo do próprio cineasta, uma autobiografia retratando o final de sua adolescência quando passou por um processo de reeducação em um povoado escondido entre as montanhas. Saber criticar, opinar e ter uma ampla cultura sempre foram empecilhos aos regimes totalitários. No filme acompanhamos alguns jovens que driblam as adversidades para enriquecerem suas mentes e assim consequentemente tornam-se ameaças às regras governamentais do final dos anos 60 e início da década seguinte.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

ESQUECERAM DE... SUBMERSOS

Existem alguns filmes que não passam nos cinemas, chegam as locadoras timidamente, mas acabam encontrando espaço na TV para serem repetidos aos montes, porém, alguns sofrem com o ostracismo em todos os caminhos que um longa-metragem teoricamente deveria percorrer, como é o caso de Submersos (2002), um eficiente suspense que tinha tudo para agradar uma parcela considerável de público, mas que no final das contas continua quase desconhecido até hoje. A idéia original é do cultuado Darren Aronofsky que desejava unir suspense e aventura de guerra em um mesmo trabalho, este que seria o segundo com sua assinatura como diretor. No final das contas ele passou o cargo para David Twohy, de Eclipse Mortal, outro filme de carreira fracassada. Ambos dividiram os créditos como roteiristas, mas nem o nome de Aronofsky nos créditos salvou a produção de submergir no limbo.
 

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

ESQUECERAM DE... ED TV


Você acha que a Hollywood atual está sofrendo uma crise de criatividade? Bem, no final da década de 1990 as coisas não eram diferentes, mas um estranho fenômeno acontecia. Ficamos sabendo definitivamente que as coincidências existem sim ou na pior das hipóteses que a espionagem cinematográfica é um fato consumado. Tentando inovar com projetos grandiosos ou originais, alguns estúdios acabaram sendo surpreendidos por projetos muito semelhantes lançados por seus concorrentes em período muito próximo. Entre estas felizes ou infelizes coincidências, dependendo do ponto de vista, surgiram dois filmes que se arriscaram a tratar de um tema na época ainda muito enraizado na cultura americana e praticamente desconhecido no resto do mundo: os realities shows. Ed TV (1999) é um deles.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

ESQUECERAM DE... ELVIRA, A RAINHA DAS TREVAS

Hoje é a noite em que se comemora o Halloween, popular festa americana que acabou sendo abraçada em outros países, como o Brasil. Tradicionalmente as pessoas festejam a data se fantasiando, principalmente de figuras assustadoras e folclóricas, mas como não somos patriotas ao extremo ninguém até hoje elegeu o Saci, a Mula Sem Cabeça ou o E.T. de Varginha como símbolo de nossa festa das bruxas. Na falta de uma imagem representativa, os saudosistas podem eleger como figura-chave a protagonista do longa Elvira, A Rainha das Trevas (1998), um clássico das sessões da tarde que virou uma tradição da Rede Globo em exibi-lo todo 31 de outubro. Pena que nos últimos anos a fita do filme foi engavetada pela emissora e DVD dele nem sinal.
 

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

TRAILER - A ENTIDADE

video
 
Ethan Hawke vive escritor de livros policiais que em um momento de crise resolve se inspirar morando em residência onde uma família foi assassinada

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

TRAILER - OS INFRATORES

video
 
Longa retrata um dos períodos mais importantes da história americana, a época da lei Seca, quando a venda de bebidas alcoólicas era proibida

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

TRAILER - OS CANDIDATOS

video

Em tempos de eleições, vale a pena conferir esta comédia para ver que político é tudo igual, seja no Brasil, nos EUA ou em qualquer outro país

terça-feira, 23 de outubro de 2012

TRAILER - AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL

video

Dificuldades para se adaptar à nova escola é o tema central deste mescla de drama e comédia com  Emma Watson, a Hermione de Harry Potter

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

TRAILER - PROCURANDO NEMO

video

Grande sucesso de 2003 e vencedor do Oscar de Melhor Filme de Animação, longa retorna aos cinemas em versão 3D ainda divertindo crianças e adultos

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

DESTAQUES DA MOSTRA DE CINEMA DE SÃO PAULO 2012

A animação brasileira para adultos Uma História de Amor e Fúria é um dos
destaques da mostra 2012 que aboliu a participação de blockbusters

A 36º Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, a primeira sem o seu criador, Leon Cakoff, que morreu há um ano vítima de câncer, irá apresentar do dia 19/10 até 01/11 um farto cardápio para enlouquecer os cinéfilos de plantão. Este ano produções com elenco de peso de Hollywood foram limadas e  somente produções que não foram exibidas no festival do Rio de Janeiro foram selecionadas.

A seleção deste ano está repleta de produções vencedoras em Cannes, Veneza, Berlim e em outros festivais mundo a fora. Também teremos alguns clássicos restaurados e o Brasil participa com diversas produções, sendo uma das mais aguardadas a animação para adultos Um História de Amor e Fúria, um projeto inovador em sua cinematografia.

É uma pena que provavelmente muitos dos longas apresentados só serão conhecidos pelo público através da mostra. Não chegam a dez os títulos que já tem agendada sua estréia em circuito comercial. Confira abaixo alguns dos destaques deste ano.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O PALHAÇO SAI SORRINDO DE PREMIAÇÃO


A 11º edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro realizado no dia 15/10, uma espécie de versão brasileira e menos pomposa do Oscar, consagrou o filme O Palhaço como uma das melhores produções de nossa cinematografia. Faturou nada menos que doze prêmios, incluindo Melhor Filme e Melhor Ator e Melhor Diretor para Selton Mello. A cerimônia organizada pela Academia Brasileira de Cinema acabou dando um gás a mais para turbinar a carreira internacional deste filme que conquistou público e crítica. Confira os vencedores de cada categoria abaixo.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

TRAILER - BUSCA IMPLACÁVEL 2

video
 
Mais conhecido por papéis coadjuvantes ou em dramas, Liam Neeson retorna ao papel que em 2008 lhe abriu as portas para o cinema de ação

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

TRAILER - HOTEL TRANSILVÂNIA

video
 
Animação une comédia e terror leve para agradar crianças e adultos com uma trama que coloca em xeque o horror que os monstros sentem dos humanos

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

TRAILER - TITANIC

video
 
Um dos maiores sucessos do cinema está de volta ao mercado em diversos tipos de mídia, desde um simples DVD até edições especiais para colecionadores

terça-feira, 2 de outubro de 2012

TRAILER - BOCA

video
 
Nacional retrata a zona da Boca do Lixo, região de São Paulo frequentada por prostitutas e criminosos, através de uma trama sobre assassinato

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

TRAILER - LOOPER, ASSASSINOS DO FUTURO

video
 
Nesta ficção, mafiosos mandam para o passado as pessoas que desejam eliminar, mas as viagens no tempo podem ser mais perigosas do que parecem

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

TRAILER - TUDO QUE DESEJAMOS

video
 
Drama enfoca o relacionamento pessoal e de trabalho de dois juízes acerca de causas empresariais, mas a principal batalha é pela saúde de um deles

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

TRAILER - INTOCÁVEIS

video
 
A velha história dos opostos que se atraem, neste caso no campo da amizade, resultou em um dos maiores fenômenos de bilheteria da França 

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

TRAILER - TINKER BELL E O SEGREDO DAS FADAS

video
 
Tinker Bell, popular personagem de Peter Pan, um dos principais clássicos de animação da Disney, volta aos cinemas em sua quarta aventura solo

terça-feira, 25 de setembro de 2012

TRAILER - POLISSIA

video
 
Drama mostra o cotidiano de policiais que deixam a vida particular de lado para lidar com casos envolvendo menores, como pedofilia e abusos dos pais

Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...